Palmeiras esconde falhas no “espírito da Libertadores”

Torcedor do Palmeiras, não adianta reclamar... O Verdão tem tudo para continuar no tão batido “espírito de Libertadores” para avançar na competição continental. A vitória da última quarta-feira (15), no Allianz Parque, foi daquelas que fazem o time crescer mesmo em meio às falhas apresentadas.
A equipe do técnico Eduardo Baptista, com quase dois times capazes de assumir a titularidade, demorou mais de 90 minutos para marcar um único gol diante dos quase 39 mil apaixonados nas arquibancadas. As boas linhas de marcação do Jorge Wilstermann por pouco não frustraram os alviverdes.
Jogadores, comissão técnica e, claro, torcedores, saíram satisfeitos do estádio se considerado apenas o resultado conquistado sob a ótica da determinação. Mas era sabido que um novo empate seria um complicador em um grupo bastante acirrado. Tamanha dificuldade já havia sido vista no empate contra o Atlético Tucumán-ARG.
“Desde lá da Argentina, estamos sendo guerreiros. Lutamos até o último momento. De novo, não fizemos uma boa partida, mas é assim. Libertadores é assim. Isso serve para quando a gente for jogar fora de casa também”, reconheceu o capitão Dudu. “Libertadores é empenho, dedicação. Em nenhum momento, deixamos de jogar”, completou o zagueiro Edu Dracena.
Eliminado na primeira fase da competição continental no ano passado, muito por se complicar em casa, o Palmeiras já tem a casca necessária para saber  a importância do resultado diante de sua torcida.
Fonte: R7.com
Foto: Paulo Whitaker/Reuters

Palmeiras esconde falhas no “espírito da Libertadores”

Marcadores:

Postar um comentário

[disqus]

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.