Policial acusado de atirar em companheira, sogro e deixar cunhado de 15 anos paraplégico é preso

Um mandado de prisão preventiva foi cumprido na quinta-feira (16) contra o soldado da PM (Polícia Militar) Renato Simões de Medeiros Filho. Ele é acusado de tentar matar Rosemary de Jesus Bahia, sua companheira, e o pai dela. Na ocasião, um adolescente de 15 anos, irmão de Rosemary, foi atingido nas costas por um tiro e hoje se encontra paraplégico.
De acordo com a polícia civil, o crime aconteceu em agosto do ano passado. Após uma discussão com a mulher e o sogro, o soldado disparou quatro tiros de arma de fogo contra eles. O crime aconteceu na cidade de Feira de Santana, 108 km de Salvador.
Segundo a delegada Ludmila Vilas Boas, que está à frente das investigações, o policial é o principal suspeito também da morte do próprio tio, José Simões Medeiros. Esse crime teria ocorrido em janeiro deste ano.
Neste caso, testemunhas viram quando Renato e José discutiram alguns dias antes do crime. Um mandado de busca e apreensão chegou a ser cumprido na residência do soldado, em Salvador.
Renato foi preso por policiais da 1ª Coorpin (Coordenadoria Regional de Polícia do Interior), da 2ª DT (Delegacia Territorial) e da DH (Delegacia de Homicídios), todas de Feira de Santana. Também participou da ação a Corregedoria da PM.
O homem foi conduzido para a Coordenadoria de Custódia Provisória, da PM, em Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador, onde permanecerá à disposição da Justiça.
Fonte:R7.com

Policial acusado de atirar em companheira, sogro e deixar cunhado de 15 anos paraplégico é preso

Marcadores:

Postar um comentário

[disqus]

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.