Consumo de água no Palácio da Alvorada caiu somente cinco meses após saída de Dilma

 Residência oficial ocupada pela ex-presidente Dilma Rousseff até 6 de setembro de 2016, o Palácio da Alvorada continuou tendo praticamente a mesma média de consumo de água mensal mesmo após a saída da petista.
Dados obtidos pelo R7 por meio da Lei de Acesso à Informação mostram que a média de gasto de água mensal no Alvorada em 2016 foi de 5.427 m³ (5,4 milhões de litros).
Em setembro, foram usados 6.795 m³; em outubro, 4.333 m³; em novembro, 4.080 m³, e em dezembro, 5.005 m³.

Os números mostram ainda que o consumo de água na residência presidencial começou a cair substancialmente apenas em fevereiro deste ano, quando chegou a 1.590 m³. Em março, atingiu 968 m³, e em abril, 1.493 m³.



Fonte: R7.com

Consumo de água no Palácio da Alvorada caiu somente cinco meses após saída de Dilma

Marcadores:

Postar um comentário

[disqus]

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.