Atlético-GO x Vitória: vencer o Dragão e secar o Bahia

Sabemos que no Campeonato Brasileiro da Série A não existe jogo fácil, cada partida é uma decisão, contudo, é impossível equiparar enfrentar o líder Corinthians (29 pontos) a enfrentar o lanterna Atlético-GO (7 pontos). Perder para o último colocado, seja dentro ou fora de casa, sempre será considerado um péssimo e inesperado resultado, com todo respeito ao dono da posição. Este ponto se aplica ao Vitória que tem pela frente um duelo de SEIS pontos contra o Atlético de Goiás, jogo que independente de ser no estádio Olímpico em Goiânia, não pode considerar outro desfecho que não seja a conquista dos três pontos necessários e obrigatórios.

Apesar de figurar na última colocação, o Atlético-GO não é um saco de pancadas atuando nos seus domínios, somente fora do seu cercado. Diga-se, dos 7 pontos acumulados no campeonato, todos foram como mandante (triunfos contra Avaí e Ponte Preta, e empate contra o Santos). Além disso, o histórico de confrontos que não é indício considerável, tampouco aponta o vencedor, anota que considerando os jogos pelo Brasileiro, o Leão jamais venceu o Dragão de Goiás. Nos 5 duelos entre os rubro-negros, os goianos venceram duas vezes e empataram três, o que não faz do Atlético o favorito para sair de campo com o triunfo.

A matemática para fugir do Z4 para o Vitória é simples pelo menos o entendimento. O Leão precisa vencer o Atlético-GO. Neste cenário soma 12 pontos e dorme agarrado com a décima sexta posição. Já no Domingo torce por tropeço duplo. O Bahia e São Paulo precisam perderam seus jogos. O Bahia para o Fluminense na Fonte Nova e São Paulo para o Santos na Vila Belmiro. Qualquer empate nestes jogos não colabora com as pretensões do Leão na busca de uma melhor posição da tabela de pontuação. Empatando dificilmente terá alteração da atual posição. (18º) já que é quase inimaginável um triunfo do Avai em cima do Grêmio em Porto Alegre. Uma derrota, o Leão deve cair para a vice-lanterna.

ESCALAÇÃO

Vitória - Fernando Miguel, Patric, Kanu, Ramon e Thallyson; Willian Farias, Yago, Cleiton Xavier e Carlos Eduardo; David e André Lima. Técnico: Alexandre Gallo.

Atlético-GO x Vitória: vencer o Dragão e secar o Bahia

Marcadores:

Postar um comentário

[disqus]

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.