Incêndio em escola na Malásia deixa mais de 20 mortos

Pelo menos 24 pessoas, entre alunos e professores, morreram após um incêndio atingir uma escola na cidade de Kuala Lumpur, na Malásia, na manhã de quinta-feira (14). As informações são das redes de notícias BBC e CNN.
Pelo menos 24 pessoas, entre alunos e professores, morreram após um incêndio atingir uma escola na cidade de Kuala Lumpur, na Malásia, na manhã de quinta-feira (14). As informações são das redes de notícias BBC e CNN

Moradores da região afirmam ter sido acordados por gritos vindos de dentro da instituição, onde adolescentes dormiam em quartos fechados por grades de ferro. Quando o corpo de bombeiros chegou ao local, mais de 90% do prédio já havia sido consumido pelas chamas.
Moradores da região afirmam ter sido acordados por gritos vindos de dentro da instituição, onde adolescentes dormiam em quartos fechados por grades de ferro. Quando o corpo de bombeiros chegou ao local, mais de 90% do prédio já havia sido consumido pelas chamas
A escola atingida é uma instituição de ensino conhecida como tahfiz — onde os alunos vivem reclusos para memorizar o alcorão. As escolhas tahfiz não são regulamentadas pelo departamento de educação da Malásia, e sim administradas pelas autoridades religiosas
A escola atingida é uma instituição de ensino conhecida como tahfiz — onde os alunos vivem reclusos para memorizar o alcorão. As escolhas tahfiz não são regulamentadas pelo departamento de educação da Malásia, e sim administradas pelas autoridades religiosas
As vítimas eram 22 estudantes com idades entre 13 e 17 anos, além de membros da equipe escolar. Dez pessoas foram levadas ao hospital, sendo quatro com ferimentos graves. Na foto, é possível ver Nadia Azalan chorando por seu irmão, morto no acidente
As vítimas eram 22 estudantes com idades entre 13 e 17 anos, além de membros da equipe escolar. Dez pessoas foram levadas ao hospital, sendo quatro com ferimentos graves. Na foto, é possível ver Nadia Azalan chorando por seu irmão, morto no acidente
O oficial dos bombeiros Khirudin Drahman apontou que este é um dos piores incêndios reportados na Malásia nos últimos 20 anos. O caso está sob investigação e as primeiras evidências indicam que o fogo pode ter sido causado por um curto circuito
O oficial dos bombeiros Khirudin Drahman apontou que este é um dos piores incêndios reportados na Malásia nos últimos 20 anos. O caso está sob investigação e as primeiras evidências indicam que o fogo pode ter sido causado por um curto circuito
Segundo a agência Reuters e dados do Ministério de Bem-Estar Urbano e Habitação da Malásia, pelo menos 30 escolas tahfiz foram atingidas por incêndios em 2017
Segundo a agência Reuters e dados do Ministério de Bem-Estar Urbano e Habitação da Malásia, pelo menos 30 escolas tahfiz foram atingidas por incêndios em 2017

Fonte: R7.com
Fotos: Reuters


Incêndio em escola na Malásia deixa mais de 20 mortos

Marcadores:

Postar um comentário

[disqus]

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.