Governador de NY diz que terrorista se radicalizou nos EUA

O governador de Nova York, Andrew Cuomo, informou nesta quarta-feira (1º) que o terrorista que realizou um atentado em Manhattan ontem se "radicalizou" já nos Estados Unidos.

De acordo com o político, o homem é um "lobo solitário" que se comunicava com membros do Daesh (também conhecido como Estado Islâmico) e confirmou a existência de um bilhete pró-jihadistas islâmicos dentro da caminhonete usada no ataque.

Ao ser questionado sobre as postagens nas rede sociais do presidente Donald Trump, Cuomo afirmou que "esse não é um momento de fazer política e nem um momento para semear o ódio".

Cidadania americana

O presidente Donald Trump informou, através de sua conta no Twitter, que o terrorista que realizou um atentado em Nova York nesta terça-feira (31) "entrou em nosso país pelo chamado 'Programa de Loterias'", que "sorteia" a concessão de cidadania para quem mora ilegalmente no país.

Por sua vez, o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, pediu que Trump "não politize a tragédia" em uma entrevista à emissora CNN.

Fontes da polícia norte-americana informam à imprensa local que o autor foi interrogado nesta terça-feira (31) no hospital e se mostrou "muito colaborativo" com as autoridades. Segundo a mídia, o terrorista chama-se Sayfullo Saipov, 29 anos, e morava legalmente nos EUA desde 2010. 
 Andrew Cuomo, governador de NY, afirmou que este 'não é um momento de fazer política e nem um momento para semear o ódio"

Fonte: Ansa
Foto: Reuters

Governador de NY diz que terrorista se radicalizou nos EUA

Marcadores:

Postar um comentário

[disqus]

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.