O que é o Projeto Nova Canaã?

Irecê fica a quase 500 quilômetros de Salvador, a capital do Estado da Bahia. Tem uma população estimada em 74 mil habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A economia da cidade é baseada na agricultura e pecuária. O local também está propenso à seca que assola os demais Estados do Nordeste constantemente. Há quase duas décadas, houve uma violenta estiagem que deixou famílias de povoados próximos a Irecê em uma situação de miséria, sem ter o que comer.
O Projeto
Depois de ver uma reportagem na Record TV que contava o que estava acontecendo lá, o Bispo Edir Macedo se sensibilizou com a situação e decidiu ajudar a região com o auxílio do Bispo Marcelo Crivella. Com a renda da venda de CDs de Crivella, foi possível comprar uma área de 500 hectares onde foi instalado o Projeto Nova Canaã. Ele implantou inicialmente, em 2000, uma fazenda autossustentável, nos moldes dos kibutzim israelenses, que tem uma produção comunitária. O Projeto tinha o objetivo de produzir alimentos para auxiliar as famílias carentes e contribuir para o desenvolvimento educacional da população.
Mudança vital
De acordo com o Pastor Leonardo de Souza dos Santos, diretor do Projeto Nova Canaã, desde o início, a ideia era ajudar a fazer uma transformação social. “Antes, tentamos ajudar gerando renda por meio de emprego, usando a área rural como ponte, mas, com a escassez das chuvas e a diminuição da água dos poços, tivemos que mudar nossa meta. O objetivo social permaneceu com a atuação na educação como base para a transformação futura das famílias e de suas gerações. Para promover mudanças efetivas, a instituição atua em cinco eixos: assistência social, educação, esporte de alto rendimento, cultura e saúde”, diz.
O Pastor conta que todos os alunos recebem quatro refeições diárias. “Além disso, levam para casa cinco pães para ajudar a alimentar a família. Atualmente, 607 crianças estão matriculadas. Anualmente, entram 50 novas com quatro anos. Elas têm a oportunidade de estudar até o terceiro ano do ensino médio, recebem apoio social e gratuidade em tudo: material escolar, uniforme, transporte, alimentação e quando participam das oficinas. Para que sejam matriculadas, nossa assistência social procura famílias que estão em vulnerabilidade social. A instituição atende somente a cidade de Irecê. Além do currículo regular, as crianças participam no período vespertino das seguintes atividades: futebol, judô, capoeira, natação, dança, artesanato, bordado, culinária, informática, aulas de inglês e atividades de lazer”, esclarece.
Exemplo
Desde o início do Projeto, 2.036 crianças já passaram por ali. O jovem Darlan Ferreira Maia, de 22 anos (foto abaixo), está entre os alunos que fizeram parte da primeira turma. Ele entrou no Nova Canaã aos cinco anos e só saiu aos 11. “Sou filho único e, embora não estivéssemos em condição de miserabilidade, tínhamos dificuldades para nos manter. Na minha época, o Projeto só tinha o ensino fundamental; agora vai até o terceiro ano. Mesmo assim, a base que eu tive lá fez muita diferença para que eu me tornasse quem sou hoje. O judô me ajudou com a disciplina e com o teatro aprendi a me expressar corretamente e a me colocar na vida”, avalia.
Gratidão
A instituição possui 150 funcionários divididos nos setores administrativo, de manutenção e agrícola, além da padaria e da escola. Darlan é supervisor administrativo no Projeto Nova Canaã há um ano e meio e cursa psicologia. “Sou imensamente agradecido a Deus por ter colocado no coração de pessoas como o Bispo Edir Macedo o desejo de abençoar famílias que ele não conhecia e que estão em lugares distantes dos grandes centros. Se hoje estou cursando uma faculdade, é graças ao Projeto Nova Canaã, que me ofereceu uma base educacional de extrema qualidade para que agora eu tenha capacidade de estar numa universidade em busca da realização do meu sonho e da transformação da realidade da minha família”, ressalta.
Retribuição
Darlan planeja de alguma forma retribuir à instituição que lhe deu a base educacional. “Meu plano é trabalhar na área da psicologia. Ainda não sei em qual segmento, pode ser na psicologia esportiva, ainda estou avaliando. Minha intenção é dar de alguma forma um retorno profissional à instituição que me auxiliou tanto. Acredito que a minha missão seja ajudar pessoas da mesma forma que eu fui ajudado aqui no Nova Canaã”, afirma.

Marcadores:

Postar um comentário

[disqus]

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.