Prosegur é condenada a indenizar funcionário por demissão após assalto a carro forte

  A 3ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT-BA) reverteu a despedida por justa causa aplicada pela empresa Prosegur Brasil S...

 





A 3ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT-BA) reverteu a despedida por justa causa aplicada pela empresa Prosegur Brasil S/A a um vigilante que foi assaltado durante o transporte de valores na cidade de Feira de Santana. A demissão ocorreu logo após o assalto, em junho de 2018. O empregado pediu pagamento de indenização por danos morais decorrente da despedida. Ainda cabe recurso.

Segundo o vigilante, no dia 12 de junho de 2018, um dia chuvoso e com baixa visibilidade, a equipe de segurança retornava para a base da empresa com dinheiro quando sofreu uma emboscada. O carro-forte foi alvejado e ultrapassado por dois veículos ocupados por bandidos armados com fuzis de grosso calibre. O motorista do veículo que transportava os vigilantes tentou manobrar e seguir na direção contrária, mas o carro capotou. Em seguida, os bandidos ameaçaram os funcionários e roubaram o dinheiro transportado.


A Prosegur, ao realizar a demissão por justa causa, alegou que os dispositivos de segurança não foram acionados pelo trabalhador. Os dispositivos são o botão Sipe, que veda o cofre com material que dificulta a sua abertura, e o botão de pânico, que informa, silenciosamente, a central de monitoramento sobre o assalto. O vigilante relatou que o botão Sipe apresentava problemas e que isso foi notificado no “check list” de segurança do carro antes da partida. Ele e uma testemunha afirmaram ainda que conseguiram realizar os procedimentos de segurança, apertando os botões, mas que eles não funcionaram.


Para a desembargadora relatora do recurso, Vânia Chaves, “não há prova de conduta ilícita do empregado e nem mesmo de sua culpa pelo resultado do assalto, pelo contrário, o autor foi vítima, passando por uma situação de extrema vulnerabilidade e estresse e, após o trauma, ainda foi demitido pela sua empregadora”.

A desembargadora diz ainda que, apesar da afirmação do autor e da testemunha, “a empresa deixou de apresentar o ‘check list’ do dia do acidente” e que “o sistema de segurança não foi automaticamente acionado (como deveria)” após ser atingido por tiros. Por isso, confirmou a sentença que reverteu a justa causa abusiva. “O autor que trabalhou por quase dez anos para a reclamada, passou por uma situação traumática e de risco e, posteriormente, ainda foi arbitrariamente demitido por justa causa”, destacou a desembargadora, que condenou a empresa ao pagamento de indenização de R$ 20 mil por danos morais.

COMENTÁRIOS

Nome

Agronegocio,7,Agronegócio,17,Angical,1,Bahia,333,Baianópolis,2,Barreiras,221,Boa noticia,26,Bom Jesus da Lapa,5,Brasil,350,Brasilia,2,Catolândia,11,Celebridades,2,Cinema,13,Correntina,3,Cristópolis,2,Economia,43,Educação,23,Entretenimento,47,Esportes,120,famosos,166,famoss,2,Festas,3,Formosa do Rio Preto,2,Golpes,1,governo,44,Guanambi,10,Humor,2,Ibotirama,2,internacional,104,Irecê,9,justiçá,204,LEM,16,Livros,3,Luis Eduardo Magalhães,17,Mundo,3,municípios,118,Oportunidades,18,Pesquisa,21,Polemica,114,Polemicas,23,policia,64,Politica,1086,Religião,37,Riachão da Neves,14,Salvador,75,Santa Maria da Vitoria,5,Santa Rita de Cassia,2,São Desidério,1,Saúde&Bem Estar,6,Saúde&Bem-Estar,61,Tecnologia,50,Tragedia,58,Turismo,36,Videos,43,Vitoria da Conquista,3,Wanderley,1,Whatsapp,1,
ltr
item
Veja Oeste | O Seu Portal de Notícias do Oeste: Prosegur é condenada a indenizar funcionário por demissão após assalto a carro forte
Prosegur é condenada a indenizar funcionário por demissão após assalto a carro forte
https://1.bp.blogspot.com/-f0XIY8Em72M/X5i5nCqDZHI/AAAAAAAAPHc/CxgHg-7jKJMV0OoXgtss2HHfUlnPszcyQCNcBGAsYHQ/s320/IMAGEM_NOTICIA_5%2B%25287%2529.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-f0XIY8Em72M/X5i5nCqDZHI/AAAAAAAAPHc/CxgHg-7jKJMV0OoXgtss2HHfUlnPszcyQCNcBGAsYHQ/s72-c/IMAGEM_NOTICIA_5%2B%25287%2529.jpg
Veja Oeste | O Seu Portal de Notícias do Oeste
http://www.vejaoeste.com.br/2020/10/prosegur-e-condenada-indenizar.html
http://www.vejaoeste.com.br/
http://www.vejaoeste.com.br/
http://www.vejaoeste.com.br/2020/10/prosegur-e-condenada-indenizar.html
true
8061571385870599471
UTF-8
Carregou todos os artigos Não encontrei nenhum post VER TODOS Leia Mais Resposta Cancelar resposta Deletar Por Home PAGINAS ARTIGOS Ver Todos Talvez você goste destas postagens C ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS ARTIGOS nenhum resultado. Voltar Para o Inicio Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutos atrás 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ semanas atrás mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO PREMIUM ESTÁ BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhar. PASSO 2: clique no link que você compartilhou para desbloquear Copie todo o código Selecione todo o código Todos os códigos foram copiados para sua área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C para Mac) para copiar