Governador é indiciado pela PF por R$ 67 milhões em propinas da JBS

A Polícia Federal (PF) indiciou, nesta segunda-feira (06), o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), pelos crimes d...


A Polícia Federal (PF) indiciou, nesta segunda-feira (06), o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de organização criminosa no recebimento de propinas da JBS que totalizaram R$ 67 milhões. De acordo com o jornal O Globo, a PF estima que as ações de Azambuja causaram um prejuízo de R$ 209 milhões aos cofres públicos do estado.
Ao O Globo, o pessedebista negou que tenha cometido qualquer irregularidade e afirmou que encara a conclusão com "estranheza e indignação". O inquérito concluído pela PF indicia o filho do governador, Rodrigo Souza e Silva, e outras 20 pessoas envolvidas no esquema.
A investigação teve início após delação premiada dos executivos do grupo J&F "Cabe destacar o papel de comando da organização criminosa exercido pelo governador Reinaldo Azambuja, seja diretamente, seja por intermédio de seu filho Rodrigo Souza e Silva", argumentou na conclusão do relatório o delegado Leandro Alves Ribeiro
De acordo com a investigação, o governador entregava pessoalmente à JBS as notas fiscais frias, que serviriam para dissimular os pagamentos de propina. "Somente nos dois anos iniciais do governo de Reinaldo Azambuja, a emissão das notas fiscais teria viabilizado o repasse de mais de R$ 40 milhões de vantagem indevida em seu benefício, superando, desse modo, sozinha, o somatório de pagamentos realizado através de entregas em espécie e por meio de doação eleitoral oficial", diz o relatório.
As operações financeiras usaram principalmente o frigorífico Buriti. De acordo com a investigação, após os pagamentos da JBS ao frigorífico, ocorriam saques em dinheiro vivo e/ou repasses para contas de parentes de Azambuja.
"Wesley Batista esclareceu que foi repassado ao governador Reinaldo Azambuja, em espécie, o montante de R$ 12,1 milhões, por meio de entregas realizadas nas cidades de São Paulo/SP e Rio de Janeiro/RJ", diz o relatório.
A defesa do governador divulgou uma nota questionando a credibilidade da deleção premiada que deu início a investigação.
Leia a nota divulgada pela defesa do governador:
"Trata-se de denúncia antiga, baseada em delações premiadas sem qualquer credibilidade e provas, que vêm sofrendo, em casos diversos no país, inúmeros questionamentos judiciais quanto à sua procedência e consistência. Passados três anos de inquérito tramitando no STJ, não foi possível concluir ou ao menos indicar de que forma o governador teria praticado qualquer tipo de ilícito. Desde a Operação Vostok, realizada de forma midiática e exorbitante, bem no meio da campanha eleitoral de 2018, não se conseguiu produzir uma única prova de que tenha recebido qualquer tipo de vantagem indevida da JBS. Neste caso, é importante pontuar que a própria empresa confessou que os termos de acordo para benefícios fiscais do Estado não estavam sendo cumpridos e aderiu a programas de recuperação fiscal, bem como efetuou o pagamento de valores devidos a título de imposto, de modo que não houve danos ao erário, nem tampouco qualquer ato de corrupção praticado".

COMENTÁRIOS

Nome

Agronegocio,7,Agronegócio,22,Angical,9,Bahia,409,Baianópolis,8,Barreiras,255,Boa noticia,34,Bom Jesus da Lapa,7,Brasil,499,Brasilia,4,Brejolandia,1,Buritirama,1,Canapolis,1,Catolândia,19,Celebridades,2,Cinema,20,Correntina,12,Cotegipe,1,Cristópolis,5,Economia,63,Educação,34,Entretenimento,99,Esportes,168,famosos,219,famoss,2,Festas,3,Formosa do Rio Preto,4,Golpes,1,governo,52,Guanambi,17,Humor,2,Ibotirama,6,internacional,188,Irecê,14,justiçá,226,LEM,17,Livros,6,Luis Eduardo Magalhães,29,Mundo,5,municípios,148,Muquém do sao Francisco,1,Oportunidades,30,Pesquisa,36,po,1,pol,1,Polemica,183,Polemicas,23,policia,94,Politica,1715,Religião,59,Riachão da Neves,65,Salvador,90,Santa Maria da Vitoria,8,Santa Rita de Cassia,6,Santana,1,São Desidério,2,Saúde&Bem Estar,7,Saúde&Bem-Estar,71,Sitio do Mato,1,Tabocas do Brejo Velho,1,Tecnologia,67,Tragedia,77,Turismo,43,Videos,50,Vitoria da Conquista,11,Wanderley,2,Whatsapp,1,
ltr
item
Veja Oeste | O Seu Portal de Notícias do Oeste: Governador é indiciado pela PF por R$ 67 milhões em propinas da JBS
Governador é indiciado pela PF por R$ 67 milhões em propinas da JBS
https://1.bp.blogspot.com/-NtEkEvN3Hjo/XwRG7f30eTI/AAAAAAAALxw/LOBahCl6_EkrBEExONi2V0IMt5uPWqKjwCNcBGAsYHQ/s320/IMAGEM_NOTICIA_0.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-NtEkEvN3Hjo/XwRG7f30eTI/AAAAAAAALxw/LOBahCl6_EkrBEExONi2V0IMt5uPWqKjwCNcBGAsYHQ/s72-c/IMAGEM_NOTICIA_0.jpg
Veja Oeste | O Seu Portal de Notícias do Oeste
https://www.vejaoeste.com.br/2020/07/governador-e-indiciado-pela-pf-por-r-67.html
https://www.vejaoeste.com.br/
https://www.vejaoeste.com.br/
https://www.vejaoeste.com.br/2020/07/governador-e-indiciado-pela-pf-por-r-67.html
true
8061571385870599471
UTF-8
Carregou todos os artigos Não encontrei nenhum post VER TODOS Leia Mais Resposta Cancelar resposta Deletar Por Home PAGINAS ARTIGOS Ver Todos Talvez você goste destas postagens C ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS ARTIGOS nenhum resultado. Voltar Para o Inicio Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutos atrás 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ semanas atrás mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO PREMIUM ESTÁ BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhar. PASSO 2: clique no link que você compartilhou para desbloquear Copie todo o código Selecione todo o código Todos os códigos foram copiados para sua área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C para Mac) para copiar