Auxílio emergencial é a única renda de 36% dos que receberam o benefício

  O auxílio emergencial é única fonte de renda para 36% das famílias que receberam ao menos uma parcela do benefício, mostra pesquisa Datafo...

 



O auxílio emergencial é única fonte de renda para 36% das famílias que receberam ao menos uma parcela do benefício, mostra pesquisa Datafolha realizada de 8 a 10 de dezembro.

A dependência da política, porém, caiu nos últimos meses, período em que o valor pago pelo governo foi reduzido pela metade. No levantamento feito em agosto, 44% apontavam o auxílio como única fonte de renda.

Com a redução (de R$ 600 para R$ 300) e a retomada parcial da economia, muitas pessoas saíram em busca de outras fontes de renda.

Segundo a pesquisa, 39% dos entrevistados pediram o auxílio e 81% desses pedidos foram atendidos. Dados do governo mostram que o voucher alcançou quase 70 milhões de brasileiros.

O Datafolha também perguntou como a redução afetou o entrevistado. O principal efeito foi a adoção de ações para cortar gastos.

De acordo com a pesquisa, 75% dos beneficiários reduziram a compra de alimentos, 65% cortaram gastos com remédios, 57% reduziram consumo de água, luz e gás e 55% deixaram de pagar contas da casa.

Mais da metade dos beneficiários também reduziu os gastos com transporte (52%) e/ou parou de pagar escola ou faculdade (51%).

Ainda segundo o Datafolha, o percentual de pessoas que perderam renda por causa da pandemia era de 46% em agosto, número que caiu para 42% dos entrevistados em dezembro.

Entre os que receberam o auxílio, a parcela daqueles que sofreram uma redução de renda caiu de 60% em agosto para 51% em dezembro --ou seja, são pessoas que, mesmo com o auxílio, não evitaram um impacto negativo sobre sua renda.

Embora ainda atinja mais da metade dos beneficiários, a redução do percentual dos que declaram perda de renda reflete a retomada economia nos últimos meses, sobretudo no setor de comércio e indústria.

O auxílio emergencial está previsto para acabar a partir de janeiro. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) diz que não haverá prorrogação e nem a criação de novo programa.

O governo vai gastar R$ 580 bilhões com políticas públicas para combater os efeitos econômicos da pandemia, sendo que 55% do valor (R$ 322 bilhões) irá para o auxílio emergencial.

Para efeitos de comparação, o Orçamento de 2020 previa no início do ano um gasto de R$ 92,4 bilhões com políticas de desenvolvimento social, concentradas principalmente no Bolsa Família e no BPC (Benefício de Prestação Continuada, no valor de um salário mínimo, para pessoas com deficiência e idosos).

O valor foi mais que suficiente para compensar a queda na renda do trabalho neste ano, fazendo com que a massa total de rendimentos dos brasileiros (soma de salários e benefícios) crescesse neste ano.

Essa injeção de recursos também contribuiu para reduzir a pobreza no país.

De acordo com estudo do pesquisador do FGV Ibre (Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas) Vinícius Botelho, a redução do auxílio emergencial pela metade já colocou a renda de cerca de 7 milhões de pessoas abaixo do nível de pobreza de até R$ 5,50 por dia em outubro deste ano, em relação ao verificado em setembro. Segundo ele, esse número deve subir para quase 17 milhões após a extinção do benefício, no início de 2021.

Kristalina Georgieva, diretora do FMI (Fundo Monetário Internacional), afirmou que o fim prematuro do auxílio emergencial pode significar obstáculos à recuperação econômica e aumento da desigualdade, além de fazer com que o Brasil alcance a marca de 24 milhões de pessoas em situação de extrema pobreza.

O ministro Paulo Guedes (Economia) afirmou que o "plano A" do governo considera que a atividade econômica está em processo de retomada e que o auxílio emergencial será encerrado em 31 de dezembro. Ele afirmou que, se isso não se confirmar, o governo terá que ter uma ação tão fulminante e decisiva como teve no início da pandemia.

COMENTÁRIOS

Nome

Agronegocio,7,Agronegócio,20,Angical,7,Bahia,395,Baianópolis,5,Barreiras,249,Boa noticia,30,Bom Jesus da Lapa,7,Brasil,472,Brasilia,4,Buritirama,1,Catolândia,19,Celebridades,2,Cinema,18,Correntina,11,Cristópolis,5,Economia,60,Educação,32,Entretenimento,85,Esportes,161,famosos,208,famoss,2,Festas,3,Formosa do Rio Preto,3,Golpes,1,governo,50,Guanambi,15,Humor,2,Ibotirama,4,internacional,170,Irecê,14,justiçá,222,LEM,17,Livros,4,Luis Eduardo Magalhães,28,Mundo,5,municípios,139,Muquém do sao Francisco,1,Oportunidades,26,Pesquisa,32,po,1,pol,1,Polemica,170,Polemicas,23,policia,87,Politica,1597,Religião,53,Riachão da Neves,43,Salvador,86,Santa Maria da Vitoria,6,Santa Rita de Cassia,5,Santana,1,São Desidério,2,Saúde&Bem Estar,7,Saúde&Bem-Estar,67,Sitio do Mato,1,Tecnologia,64,Tragedia,72,Turismo,43,Videos,45,Vitoria da Conquista,10,Wanderley,1,Whatsapp,1,
ltr
item
Veja Oeste | O Seu Portal de Notícias do Oeste: Auxílio emergencial é a única renda de 36% dos que receberam o benefício
Auxílio emergencial é a única renda de 36% dos que receberam o benefício
https://1.bp.blogspot.com/-B_9qQuUA87Q/X-HIzQttO5I/AAAAAAAAQdE/Z41-kXx3hD83JdqIoTQe57V_SjxtVy8KgCNcBGAsYHQ/s320/IMAGEM_NOTICIA_5%2B%25285%2529.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-B_9qQuUA87Q/X-HIzQttO5I/AAAAAAAAQdE/Z41-kXx3hD83JdqIoTQe57V_SjxtVy8KgCNcBGAsYHQ/s72-c/IMAGEM_NOTICIA_5%2B%25285%2529.jpg
Veja Oeste | O Seu Portal de Notícias do Oeste
https://www.vejaoeste.com.br/2020/12/auxilio-emergencial-e-unica-renda-de-36.html
https://www.vejaoeste.com.br/
https://www.vejaoeste.com.br/
https://www.vejaoeste.com.br/2020/12/auxilio-emergencial-e-unica-renda-de-36.html
true
8061571385870599471
UTF-8
Carregou todos os artigos Não encontrei nenhum post VER TODOS Leia Mais Resposta Cancelar resposta Deletar Por Home PAGINAS ARTIGOS Ver Todos Talvez você goste destas postagens C ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS ARTIGOS nenhum resultado. Voltar Para o Inicio Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutos atrás 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ semanas atrás mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO PREMIUM ESTÁ BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhar. PASSO 2: clique no link que você compartilhou para desbloquear Copie todo o código Selecione todo o código Todos os códigos foram copiados para sua área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C para Mac) para copiar