Justiça penhora faturamento do PT após calote em campanha de Dilma

  A Justiça de São Paulo determinou a penhora de 10% do faturamento mensal do diretório do PT em São Paulo. Segundo o colunista Rogério Gent...

 




A Justiça de São Paulo determinou a penhora de 10% do faturamento mensal do diretório do PT em São Paulo. Segundo o colunista Rogério Gentile, a decisão se dá em razão de uma dívida da campanha de reeleição da presidente Dilma Rousseff, em 2014.

À época, diz o jornalista, a sigla contratou a empresa A.J.M. de Azevedo Eletrônicos para fazer a entrega e a retirada de cavaletes de propaganda eleitoral. O contrato era de R$ 693 mil, mas o PT deixou de pagar R$ 183 mil, que, em valores atualizados representam um calote de R$ 233, 9 mil.

Em recurso apresentado à Justiça, o legenda não negou a dívida, mas alegou que, como partido político, se utiliza de verba pública do fundo partidário e, que por conta disso, não poderia pagar juros, correção monetária e multa. O TJ não aceitou o pedido e condenou o partido a fazer o pagamento. Não cabe mais recurso sobre o mérito do processo.

A penhora sobre o faturamento foi decretada porque, mesmo após 1 ano e oito meses da condenação, o partido ainda não quitou dívida. Segundo a decisão, o PT terá de, mensalmente, apresentar o seu balanço financeiro à Justiça e promover o depósito judicial dos 10% correspondentes todo dia 10 até atingir o montante da dívida. A ordem de intimação para o pagamento foi expedida no dia 17 de dezembro.


COMENTÁRIOS

Nome

Agronegocio,7,Agronegócio,20,Angical,7,Bahia,395,Baianópolis,5,Barreiras,249,Boa noticia,30,Bom Jesus da Lapa,7,Brasil,472,Brasilia,4,Buritirama,1,Catolândia,19,Celebridades,2,Cinema,18,Correntina,11,Cristópolis,5,Economia,60,Educação,32,Entretenimento,85,Esportes,161,famosos,208,famoss,2,Festas,3,Formosa do Rio Preto,3,Golpes,1,governo,50,Guanambi,15,Humor,2,Ibotirama,4,internacional,170,Irecê,14,justiçá,222,LEM,17,Livros,4,Luis Eduardo Magalhães,28,Mundo,5,municípios,139,Muquém do sao Francisco,1,Oportunidades,26,Pesquisa,32,po,1,pol,1,Polemica,170,Polemicas,23,policia,87,Politica,1597,Religião,54,Riachão da Neves,43,Salvador,86,Santa Maria da Vitoria,6,Santa Rita de Cassia,5,Santana,1,São Desidério,2,Saúde&Bem Estar,7,Saúde&Bem-Estar,67,Sitio do Mato,1,Tecnologia,64,Tragedia,72,Turismo,43,Videos,45,Vitoria da Conquista,10,Wanderley,1,Whatsapp,1,
ltr
item
Veja Oeste | O Seu Portal de Notícias do Oeste: Justiça penhora faturamento do PT após calote em campanha de Dilma
Justiça penhora faturamento do PT após calote em campanha de Dilma
https://1.bp.blogspot.com/-HGN9mSJXoUQ/X-Nq0BfqLjI/AAAAAAAAQeU/yADzDm0z_OMPO1gDmGOia9kNM_X45IqlwCNcBGAsYHQ/s320/Dilma-e-Lula.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-HGN9mSJXoUQ/X-Nq0BfqLjI/AAAAAAAAQeU/yADzDm0z_OMPO1gDmGOia9kNM_X45IqlwCNcBGAsYHQ/s72-c/Dilma-e-Lula.jpg
Veja Oeste | O Seu Portal de Notícias do Oeste
https://www.vejaoeste.com.br/2020/12/justica-penhora-faturamento-do-pt-apos.html
https://www.vejaoeste.com.br/
https://www.vejaoeste.com.br/
https://www.vejaoeste.com.br/2020/12/justica-penhora-faturamento-do-pt-apos.html
true
8061571385870599471
UTF-8
Carregou todos os artigos Não encontrei nenhum post VER TODOS Leia Mais Resposta Cancelar resposta Deletar Por Home PAGINAS ARTIGOS Ver Todos Talvez você goste destas postagens C ARQUIVO PESQUISAR TODOS OS ARTIGOS nenhum resultado. Voltar Para o Inicio Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutos atrás 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ semanas atrás mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO PREMIUM ESTÁ BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhar. PASSO 2: clique no link que você compartilhou para desbloquear Copie todo o código Selecione todo o código Todos os códigos foram copiados para sua área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C para Mac) para copiar