Historia da cidade de Serra Dourada


Foi habitada pelos índios acroás, conhecidos por pimenteiras, que no século XVII vindos de Goiás, ocuparam o Rio das Éguas, (hoje Correntina), Santana dos Brejos e Angical, estenderam ao Rio Corrente até Carinhanha. Registros de sua passagem, encontram-se em inscrições pictográficas gravadas nas abas dos penhascos muito já gastos pela ação do tempo e nas urnas funerárias encontradas nessa região.
São Gonçalo originou-se da fazenda do Sr. Bartolomeu Lourenço da Silva, implantada entre os anos de 1740 a 1770, tempo em que Santana dos Brejos foi doada pelo conde da Ponte ao Sargento Mor Antônio da Costa.

Distrito criado com a denominação de São Gonçalo, pela Lei Estadual n.º 676, de 20-08-1906, subordinado ao município de Santana dos Brejos.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de São Gonçalo, figura no município de Santana dos Brejos.
Assim permanecendo nos quadros de apuração do recenseamento geral de 1-IX-1920.
Pelos Decretos Estaduais n.ºs 7.455, de 23-06-1931, e 7.479, de 08-07-1931, o município de Santana dos Brejos tomou a denominação simplesmente de Santana.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de São Gonçalo, figura no município de Santana (ex-Santana dos Brejos).
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
Pelo Decreto Estadual n.º 11.089, de 30-11-1938, o distrito de São Gonçalo tomou o nome de Penamar.
No quadro fixado pra vigorar no período de 1939-1943, o distrito de Penamar (ex-São Gonçalo), figura no município de Santana.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.
Elevado à categoria de município com a denominação de Serra Dourada, pela Lei Estadual n.º 1.666, de 12-07-1962, desmembrado do município de Santana. Sede no atual distrito de Serra Dourada. Constituído do distrito sede. Instalado em 07-04-1963.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial 

Fonte
Serra Dourada (BA). Prefeitura. 2011.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem