Barbeiro é preso por cultivar maconha em estabelecimento

 




Um homem que atuava como barbeiro na cidade de Santa Rita de Cássia, na Bacia do Rio Grande, foi preso por cultivar maconha no estabelecimento comercial. Após uma denúncia anônima, equipes da 86ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Formosa do Rio Preto) apreenderam quatro pés de maconha, com 1,5 metro de altura.


De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), a denúncia anônima dizia que na rua principal do município, o dono do estabelecimento comercial plantava e vendia a droga. “Chegamos na barbearia e nos deparamos com uma quantidade de maconha pronta para consumo, na bancada, juntamente com os equipamentos utilizados, no corte de cabelo”, contou o comandante do 3º Pelotão, aspirante-a-oficial Felipe Franco Martins.


Ainda de acordo com a SSP, após autorização do suspeito, o local foi vistoriado e, em um dos cômodos com o teto descoberto, os pés da erva e quatro munições de calibres 36, 20 e 7,62 (para fuzil) foram encontrados. As plantas e o homem foram encaminhados para a delegacia territorial.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem