Para se filiar ao PP, Bolsonaro teria exigido escolher candidatos ao Senado

 




O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) condicionou sua filiação ao PP a escolha de todos os candidatos ao Senado pelo partido nas eleições de 2022. A mesma exigência foi feita ao PTB para ter Bolsonaro em seu quadro.


De acordo com o portal Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias, o ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, comentou sobre a imposição de Bolsonaro durante uma conversa com interlocutores do diretório paulista dos progressitas. A conversa ocorreu há duas semanas.

Ainda segundo a publicação, Ciro relatou que o presidente deixou claro que lançará o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, na disputa pelo Senado em São Paulo. Até então, Tarcísio vinha sendo cogitado como provável candidato ao governo do estado.


A informação teria deixado os integrantes do diretório paulista com dúvidas sobre como será feita a articulação para viabilizar o ministro. Comenta-se que seria inusitado, no mínimo, se Tarcísio fosse um candidato avulso ao Senado, fora de uma chapa de governador e com apoio apenas do presidente.


O portal lembra que a exigência de Bolsonaro faz sentido, já que o presidente empilhou derrotas no Senado ao longo do mandato. Bolsonaro tem dito que foi um erro não ter dado prioridade à eleição de senadore.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem