Comandante Rangel desmascara narrativas do ator Wagner Moura





Nesta última segunda feira, dia 01 de novembro, o ator Wagner Moura, em entrevista ao programa Roda Viva da TV cultura, atacou o Presidente Bolsonaro por não ter liberado recursos para o filme Marighella. O filme conta a história de um terrorista guerrilheiro da esquerda, que militou nas décadas de 60 e 70, ainda segundo o ator e produtor, o filme será transmitido no acampamento do MST na cidade de Prado, no sul da Bahia, onde supostamente teria sofrido um atentado!


O comandante Rangel denunciou em sua Live, que é transmitida toda segunda feira em suas redes sociais, um vídeo onde mostra o que realmente está acontecendo nos acampamentos do MST.

Na cidade de Prado, as pessoas que receberam os títulos de suas terras, estão sofrendo fortes ameaças por integrantes do MST.

Pessoas estão sendo amarradas e sequestradas, tendo suas casa invadidas e depredadas, além de serem expulsas de suas próprias casa e terras, tudo isso com o aval do governador Rui costa do PT, segundo moradores da cidade.

confira as informações no vídeo abaixo!





Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem