Responsável por câmeras de clube onde petista foi assassinado é encontrado morto

 



Um dos diretores da Associação Recreativa Esportiva Segurança Física de Itaipu (Aresf), responsável pelas câmeras de segurança do local onde o guarda municipal e tesoureiro do PT Marcelo Arruda foi assassinado, em Foz do Iguaçu (PR), o vigilante Claudinei Coco Esquarcini foi encontrado morto neste domingo (17), em Medianeira (PR).

Segundo o portal Metrópoles a informação foi confirmada pela defesa da família de Arruda e pela Polícia Civil do Paraná (PCPR), segundo a qual, a morte se deu por suicídio. Os advogados da vítima acreditam que Claudinei pode ter sido a pessoa que repassou imagens da festa de aniversário do petista com temática do partido para o policial penal federal Jorge José Guaranho, autor do crime.

Ainda de acordo com a publicação, outro vigilante da Aresf, José Augusto Fabri, contou em depoimento à polícia que a permissão para visualizar as câmeras do espaço não era um procedimento comum. Ele também citou Claudinei como responsável pelo acesso às imagens das câmeras de monitoramento.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem