Fogo no parquinho: Márcio França aciona João Dória na Justiça

 





O ex-governador de São Paulo Márcio França (PSB) entrou na Justiça cobrando explicação do atual ocupante do Palácio dos Bandeirantes, João Doria (PSDB-SP). O socialista atribui ao tucano a acusação de que teria sido o responsável por divulgar vídeos íntimos do governador. As informações são da colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

As imagens circularam em 2018, a dois dias das eleições em que os dois concorriam ao governo de São Paulo.Em entrevista ao podcast Inteligência LTDA, em julho deste ano, o tucano voltou a atribuir a França o disparo do conteúdo.

“E foi o tal do Marcio Cuba, esse Márcio França. Esse é um desqualificado completo”, disse Doria, que é casado com Bia Doria e tem três filhos. “E tem um vereador, um outro, desculpa, um idiota que é amigo dele que fez essa maldade. “, seguiu.

“É inacreditável que o Doria queira relembrar um assunto que foi tão delicado para ele próprio no passado. Pior é mentir de novo ao imputar a mim a divulgação daquele vídeo”, rebateu França, em nota. “Chega a ser extremamente leviano porque me é atribuído crime eleitoral, por isso ele vai responder judicialmente”.

Apesar do aumento da temperatura, os dois adversários podem até nem se encontrar nas eleições de 2022. Márcio França é pré-candidato declarado ao governo paulista, mas Dória trava luta interna no PSDB para concorrer a presidente.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem