Quase 600 prefeitos e 5 governadores: veja como nasce o União Brasil

 




Oficialmente criado, nesta quarta-feira (6), após convenção entre Democratas e PSL, o União Brasil, sucessor das siglas, nasce com status de superpartido.


Além do robusto tempo de televisão e rádio, o União Brasil terá, logo de início, a maior bancada da Câmara dos Deputados, com 82 parlamentares. Entre os deputados federais, se destacam nomes como Joice Hasselmann, Kim Kataguiri, Carla Zambelli, Bia Kicis, Paulo Azi, Luciano Bivar (presidente), Dayane Pimentel e Elmar Nascimento. O último, inclusive, fará parte da Executiva Nacional. Já no Senado, o partido terá sete senadores: Davi Alcolumbre, Marcos Rogério, Soraya Thronicke, Jayme Campos, Maria do Carmo Alves, Chico Rodrigues e Rodrigo Pacheco, presidente do Senado.

A nível de mandatos executivos, o União Brasil nasce com cinco governadores: Ronaldo Caiado (Goiás), Mauro Mendes (Mato Grosso), Marcos Rocha (Roraima), Carlos Moisés (Santa Catarina) e Mauro Cariesse (Tocantins). Além disso, o partido terá 561 prefeitos. Entretanto, entre as capitais, O União Brasil terá o comando apenas de Salvador, através de Bruno Reis.

A tendência é que a sigla sofra uma debandada dos bolsonaristas, incluindo o deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Bolsonaro, e o deputado Major Vitor Hugo, um dos principais aliados do presidente.

Agora, a sigla espera o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) oficializar a criação do partido, que terá o 44 como código eleitoral.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem