Apreensão de drogas aumentou após saída de Moro

 




Presidente afirmou que política de drogas ficou mais eficaz após saída do ex-ministro



Em conversa com apoiadores nesta terça-feira (18), o presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a reclamar da passagem de Sergio Moro pelo Ministério da Justiça e da Segurança Pública. Segundo Bolsonaro, a apreensão de entorpecentes aumentou após o ex-juiz deixar o governo.


– Olha, depois da saída do cara que tava na Justiça (não vou falar o nome dele aqui), eu acho que quintuplicou a apreensão de drogas – disse Bolsonaro a eleitores junto à porta do Palácio da Alvorada.

Sergio Moro comandou o Ministério da Justiça entre janeiro de 2019 e abril de 2020, quando deixou o governo acusando Bolsonaro de tentar interferir na Polícia Federal para blindar os filhos de eventuais investigações.


Desde que saiu do atual governo, Moro tem sido apontado como pré-candidato ao Palácio do Planalto e já confirmou, ele mesmo, sua intenção de concorrer nas eleições deste ano. Recentemente, Moro se filiou ao Podemos para colocar em prática seu projeto de poder.



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem