Twitter bloqueia conta de Eduardo Bolsonaro

 



O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) informou neste domingo (6) que o Twitter bloqueou sua conta temporariamente por violação das regras de uso. Com a medida, ele terá de passar por um “período probatório” até ser liberado a usar a rede novamente.

Na publicação feita pelo deputado, a rede diz: “Averiguamos que você violou as regras do Twitter, portanto você terá que aguardar um período probatório, antes que possa usar o Twitter novamente”.

O perfil de Eduardo segue no ar, mas ele terá de aguardar por um período até voltar a fazer o uso da rede. Na mensagem de bloqueio, o Twitter ainda informou que “possivelmente” será necessário que o deputado cumpra algumas tarefas antes do total restabelecimento da conta.

A punição acontece após o deputado gerar controvérsia ao usar a rede social para fazer uma associação entre a contratação de mulheres e o acidente na obra do metrô de São Paulo, que provocou a abertura de uma cratera na Marginal do Tietê. Porém, não se sabe ainda o que motivou o bloqueio.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem