Tiririca perde número 2222 para Eduardo Bolsonaro

 





Deputado afirmou que está "chateado" e que se sentiu "desrespeitado" pelo PL

Nesta terça-feira (24), o deputado federal Tiririca (PL-SP) voltou a lamentar o fato de ter perdido seu número para o deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP) e afirmou que não irá concorrer à reeleição. Em entrevista ao portal G1, ele disse que se sentiu “traído e desgostoso” com o Partido Liberal (PL) por causa da decisão.


Tiririca foi eleito em 2010 utilizando o número 2222 e, desde então, mantém a numeração nas eleições. Já Eduardo Bolsonaro se filiou ao PL neste ano, seguindo seu pai, o presidente Jair Bolsonaro. Este ano, no entanto, a sigla decidiu que Eduardo é quem ficará com o número.

Ao comentar a medida, Tiririca disse que foi “uma covardia”.


– Foi uma covardia o que fizeram. Estou muito chateado e me sinto desrespeitado. Já decidi que não sairei candidato neste ano – revelou.

O deputado ainda afirmou que o PL não o procurou para dar uma justificativa para a troca.

– Achei um gesto desrespeitoso. Por três anos seguidos o número foi meu e conquistei votações expressivas, elegendo vários membros do partido junto comigo. Fiquei sabendo por terceiros que o número foi dado ao filho do Bolsonaro, e eles até agora não me procuraram para dar uma justificativa – apontou.



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem