Rogéria Santos um novo nome na política Baiana



Rogéria Santos é natural de São João de Meriti, município da Baixada Fluminense no Rio de Janeiro, É advogada, radialista, apresentadora, Mestre em Direito, Governança e Políticas Públicas, pós-graduada em Administração Pública e Gestão de Cidades e pós-graduanda em Política de Assistência Social. Foi vereadora de Salvador pelo Republicanos, sendo eleita com 12.303 votos para a 18ª Legislatura (2017-2020).


Em 2019 Rogéria Santos assumiu a Secretaria de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ), na gestão do Ex prefeito de Salvador ACM Neto, onde esteve como secretária por quase Dois anos. Implantando importantes programas de iniciativas como o Marias na Construção e o Beleza Pura, além de ter inaugurado o novo Centro de Referência Especializado em Atendimento à Mulher Arlette Magalhães (CREAM), em Cajazeiras, Bairro da capital Baiana .


Na cidade do Rio de Janeiro, Rogéria Santos coordenou o Projeto Ler e Escrever  trabalho de combate ao analfabetismo de jovens e adultos em todo o Brasil. Viveu por quase 14 anos no continente africano em Moçambique atuou como ativista humanitária e missionária, militando em frentes ao auxílios e assistência às mulheres e crianças vítimas de guerra, em Angola liderou práticas de combate à pobreza e à fome. Ao longo de sua trajetória, canalizou seu trabalho e esforço para as famílias carentes. Dedica-se ao trabalho voluntário e humanitário nas unidades prisionais do Estado da Bahia.

Rogéria é idealizadora e coordenadora de um projeto voltado à assistência a mulheres e à população de Salvador, fortalecendo o verdadeiro conceito de cidadania por três anos consecutivos.

O interesse de Rogéria Santos pela política surgiu pel
o desejo de fazer algo a mais e não se acomodar com o estado real da sociedade. O seu ideal político passa pela união entre as necessidades vitais, estabelecidos pela Constituição, e o fazer uma política de resultados que beneficiem a coletividade.recentemente foi consagrada a primeira missionária da Igreja Universal na Bahia.


Portal Veja Oeste 



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem